COMPARTILHE clicando em SHARE

Mostrando postagens com marcador Parábolas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Parábolas. Mostrar todas as postagens

20131208

A dificuldade de querer agradar a todos


Muitas pessoas se comportam da forma que imaginam que agradará a todos.

Esta metáfora nos fala da impossibilidade de realizar este objetivo e sobre a necessidade de confiarmos em nossa consciência sob a orientação do Espírito Santo.


20131205

A parábola dos três leõezinhos



Uma parábola diz que numa determinada floresta uma leoa havia dado à luz três leõezinhos bem bonitinhos: O Rax, o Rix e o Rex. Um dia o macaco, representante eleito dos animais súditos, malandro e puxa-saco, fez uma reunião com toda a bicharada da floresta e disse:

- Aí, galera! Nós, os animais, sabemos que o leão é o rei dos animais, mas paira uma dúvida no ar: existem três leõezinhos fortes que estão em crescimento. Ora, a qual deles deveremos prestar homenagem? Quem, dentre eles, quando crescer, deverá ser o nosso rei? O Rax? O Rix? O Rex? 


20131204

A Ovelha Perdida


Então Jesus lhes contou esta parábola:
"Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la?

20131116

Parábola do Rico Insensato



Então lhes disse: "Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens".
Então lhes contou esta parábola: "A terra de certo homem rico produziu muito bem.

20131106

Parábola: O Publicano e o Fariseu




E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:
Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.

20131104

A Parábola do Semeador



Tendo Jesus saído de casa, naquele dia, estava assentado junto ao mar;
E ajuntou-se muita gente ao pé dele, de sorte que, entrando num barco, se assentou; e toda a multidão estava em pé na praia.
E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.

20131028

A Parábola do Lenhador



Havia um lenhador que acordava as 6 da manhã e trabalhava o dia inteiro cortando lenha, e só parava tarde da noite.

Esse lenhador tinha um filho lindo, de poucos meses e uma raposa, sua amiga, tratada como bicho de estimação e de sua total confiança.
Todos os dias o lenhador ia trabalhar e deixava a raposa cuidando de seu filho.

20131025

A PARÁBOLA DAS TRÊS ÁRVORES

Havia no alto de uma montanha três árvores que sonhavam o que seriam depois de grandes.

A primeira, olhando as estrelas disse:
- Eu quero ser o baú mais precioso do mundo, cheio de tesouros.

A segunda, olhando o riacho suspirou:
- Eu quero ser um navio grande para transportar reis e rainhas.

20131014

O idoso e o baú

Um senhor idoso, que era viúvo e que vivia sozinho, mesmo tendo trabalhado muito durante sua vida, agora já não podia trabalhar mais e o dinheiro estava acabando. Seus três filhos, já casados, estavam ocupados demais com suas famílias e quase não tinham tempo para visitá-lo. Sentia-se cada vez mais fraco e as visitas dos filhos eram cada vez mais espaçadas. “Eles não querem que eu me converta num peso para eles” – pensava.

Certa noite, preocupado pelo seu futuro, teve uma ideia. Na manhã seguinte chamou um amigo carpinteiro, e pediu-lhe que lhe fizesse um baú imitando os antigos baús de tesouro, com uma fechadura também de estilo antigo. Depois foi visitar outro velho amigo que era vidraceiro e lhe pediu todos os pedaços de vidro que não lhe servissem. O ancião quebrou mais ainda os pedaços de vidro, encheu o baú com eles, fechou-o e o colocou no fundo do armário da cozinha onde guardava pratos, talheres, etc…

Um dia, em que seus filhos vieram jantar com ele, quando o ajudavam a pôr a mesa, descobriram o baú e lhe perguntaram:
- O que há neste baú?
- Nada – respondeu. – Apenas umas coisinhas que andei economizando…
Depois da janta, ao ajudarem o pai a recolher a mesa, perceberam que o baú era muito pesado e que ao mexer com ele se ouvia um barulhinho como de moedas.
- Deve estar cheio de moedas que foi economizando durante muitos anos – murmuraram entre si.

Decidiram, então, que deveriam vigiar aquele baú e para isso se organizaram para que cada semana um dos irmãos fosse ficar com o pai, dessa maneira também poderiam cuidar dele. Na primeira semana ficou com ele o filho mais novo, na semana seguinte foi a vez do filho do meio e assim por diante, continuando assim por bastante tempo.

Finalmente, o pai adoeceu gravemente e morreu. Os filhos organizaram um belo enterro, pois sabiam que os esperava uma fortuna no baú do armário da cozinha, que compensaria todo aquele gasto.

Depois do enterro, os três irmãos procuram por toda a casa, a chave do baú e quando a acharam, abriram-no e descobriram que estava cheio de cacos de vidro.
- Que trapaça tão feia! – exclamou o filho mais velho.
- Eu não diria que foi tão feia assim, mas, ao contrário, uma bela trapaça – corrigiu o segundo filho. – Francamente, se não tivesse feito isso, não teríamos cuidado dele até o fim de sua vida, como fizemos…

O filho mais novo sentia-se muito triste:
- Estou envergonhado – disse. – Obrigamos nosso pai a fazer essa trapaça, porque não o tratamos como ele nos ensinou quando ainda éramos crianças…

Então, o filho mais velho esvaziou o baú no chão, para ter certeza de que não continha nenhum objeto de valor. Mas, no fundo do baú havia uma mensagem:
"Quinto mandamento: Honra a teu pai e a tua mãe. Êxodo 20;12" 

(Desconheço a autoria)

20130612

Parábola para namorados

Ela estava namorando e logo se casaria. O entusiasmo do vestido de noiva era superado apenas pelo sonho de viver a vida toda perto do seu amado.

Cuidadosamente ela e sua mãe percorreram as lojas da cidade, procurando o vestido mais bonito, até que acharam um lindo, de brilhante cetim, adornado com laços muito charmosos e pérolas decorativas. Ela levou o vestido para casa e, pendurando-o em seu quarto, começou a sonhar com o dia em que, vestida de branco, desfilaria na igreja. Todos os olhares estariam fixos nela, os olhos do noivo brilhariam de admiração: seria a rainha da festa.

Mais ou menos um mês antes do casamento, ela não conseguiu resistir à tentação de experimentar o maravilhoso traje. Seu noivo lhe disse que estava muito bonita e que sempre a amaria. Nos três fins de semana, antes do casamento, cada vez que o noivo a vinha visitar, ela experimentava o vestido.

20130610

O Melhor Azeite


Se vocês querem óleo, vão comprar! Mateus 25:9

Um dia Jesus contou uma parábola sobre cinco mulheres que não tinham azeite reserva para suas lamparinas. E hoje você vai viajar comigo para descobrir qual é o melhor azeite do mundo.

Sabia que para fazer um copo de azeite são espremidas 1.300 azeitonas?

E o mais caro do planeta pode custar 15 mil dólares a garrafa! Para um líquido tão precioso, a embalagem é uma caixa de luxo com o nome do comprador escrito em placas de ouro e sua assinatura pessoal estampada no próprio vidro. Toda essa exclusividade vale, num único exemplar, o equivalente a 1.500 garrafas compradas no supermercado, acredita? Obviamente, quem pode pagar por isso não se preocupará muito com essa comparação. E de onde vem esse “óleo de ouro”? Da ilha de Creta, na Grécia, um lugar por onde o apóstolo Paulo passou.

20130430

O fariseu e o publicano

Play




Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, [...] nem ainda como este publicano. Lucas 18:11 (ver versos 9-14)

Os dois homens são representados dirigindo-se ao mesmo lugar de oração. Ambos foram até lá para se encontrar com Deus. Que contraste, porém, havia entre eles! Um estava cheio de louvor próprio. Olhava, caminhava e orava assim; o outro reconheceu sua completa insignificância.

O publicano, em sua humildade, considerou-se indigno de reclamar a misericórdia ou a aprovação de Deus. [...]

“O publicano, [...] nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!” (Lc 18:13). O Examinador de corações olhou os dois homens, e distinguiu o valor de cada oração. Ele não olha para a aparência exterior; não julga como o homem julga. Não valoriza o homem de acordo com sua classe, talento, educação ou posição. [...] Viu que o fariseu estava cheio de presunção e justiça própria, e fez-se o registro contra seu nome: “Pesado foste na balança e achado em falta” (Dn 5:27). [...]

20130429

O juiz injusto

Play




Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte e me importune muito. Lucas 18:4, 5 (ver versos 1-8)

Nesta parábola, Cristo traça um nítido contraste entre o juiz injusto e Deus. O juiz, apesar de não temer a Deus nem aos homens, deu ouvidos à viúva por causa de suas constantes petições. Embora seu coração permanecesse como gelo, a persistência da viúva resultou no sucesso dela. Ele a vingou, apesar de não ter pena ou compaixão dela; apesar de a miséria dela não significar nada para ele. “E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. E Deus não fará justiça aos Seus escolhidos, que clamam a Ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça” (Lc 18:6-8).

20130428

O bom samaritano – parte 2

Play



E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, aplicando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele. Lucas 10:34

Nesta parábola, Jesus apresenta um estrangeiro, um semelhante, um irmão em sofrimento, ferido e prestes a morrer. [...] Apesar de os sacerdotes e escribas terem lido a lei, não a aplicaram à vida prática. [...]

Ao descrever a maneira com que o sacerdote e o levita trataram o homem ferido, o doutor da lei não ouviu nada que não estivesse em harmonia com suas ideias, nada contrário às formas e cerimônias que ele havia aprendido serem tudo o que a lei exigia. Jesus, porém, apresentou outra cena: “Mas um samaritano que ia de viagem chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão. E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, aplicando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele” (Lc 10:33, 34). [...]

20130426

O irmão mais velho

Play



Ele se indignou e não queria entrar; saindo, porém, o pai, procurava conciliá-lo. Lucas 15:28

Atente para os seguintes pontos da parábola: o irmão mais velho volta do campo, ouve o som de júbilo, pergunta do que se trata e recebe a notícia do retorno do irmão e de que um novilho gordo havia sido morto para a festa. Revela-se no irmão mais velho o egoísmo, o orgulho, a inveja e a malignidade. Considera que o favor demonstrado ao pródigo é um insulto a ele. O pai apresenta suas objeções, mas ele se recusa a analisar a questão sob a luz correta, como também recusa se unir em júbilo com o pai pelo perdido que foi encontrado. Ele dá a entender que, se estivesse no lugar do pai, não receberia o filho de volta e se esquece de que o pobre pródigo é o próprio irmão. Fala de maneira desrespeitosa com o pai, acusando-o de ser injusto com ele, enquanto mostra favor para com aquele que desperdiçou a vida. Fala ao pai a respeito do pródigo como “este teu filho”. Apesar de toda a conduta imprópria do filho, de suas expressões de desdém e arrogância, o pai o trata com paciência e ternura. [...]

20130425

O filho pródigo

Play




Certo homem tinha dois filhos; o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me cabe. Lucas 15:11, 12
(ver versos 11-32)


A fim de responder à acusação dos escribas e fariseus de que Jesus escolhia a companhia de pecadores foi que Ele proferiu as parábolas da ovelha perdida, da dracma perdida e do filho pródigo. Nessas apresentações, Ele mostrou que a missão dEle neste mundo não era tornar infeliz, não era condenar e destruir, mas recuperar o que estava perdido. [...] Eram exatamente esses os que necessitavam de um Salvador. […]

O filho pródigo não havia sido um filho obediente, tampouco alguém que agradasse ao pai, mas alguém que desejava seguir o próprio caminho. [...] A terna compaixão e o amor demonstrados pelo pai eram mal interpretados, e quanto mais paciente, bondoso e benevolente o pai se mostrava, mais rebelde o filho se tornava. Julgava que sua liberdade tinha sido restringida, pois sua ideia de liberdade era de licença desenfreada, e ao almejar a independência de toda autoridade, fugiu das restrições da casa de seu pai e logo gastou sua fortuna em uma vida desordenada. Grande fome assolou o país em que ele residia, e, em seu desejo por comida, ele de bom grado se contentaria em se satisfazer com o alimento dos porcos. [...]

20130424

A ovelha perdida

Play




Se um homem tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará ele nos montes as noventa e nove, indo procurar a que se extraviou? Mateus 18:12 (ver versos 11-14)

A parábola do pastor em busca da ovelha perdida é uma representação da terna paciência, da perseverança e do grande amor de Deus. Ao contemplarmos o amor desinteressado de Deus, nosso coração transborda em gratidão, louvor e ação de graças. Rendemos-Lhe louvores pelo dom inestimável de Seu filho unigênito. Não há animal mais indefeso e desnorteado do que a ovelha que se afasta do aprisco. Se o compassivo pastor não sair em busca da ovelha errante, ela nunca encontrará o caminho de volta para o aprisco. O pastor precisa tomá-la em seus braços e carregá-la até o aprisco. [...]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...