COMPARTILHE clicando em SHARE

20131108

Uma Igreja Iluminada

Play

 Desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. 2 Timóteo 3:15 


O Senhor não pode usar homens e mulheres em Seu serviço, em ramo algum de Sua obra, a menos que possuam espírito manso e receptivo ao ensino. Aqueles que Deus emprega em Sua obra devem ser leais ao princípio. Além de não se desviarem do caminho reto do dever por qualquer interesse egoísta, não devem ser preconceituosos e cheios de si.

A menos que o coração esteja em conexão com a Fonte de toda a sabedoria, não haverá uma contínua percepção da santidade da obra. Os trabalhadores de Cristo devem obter de Deus toda a sua vida e inspiração. Devem buscar conformar-se com a vontade dEle e com Seus caminhos. Não devem buscar sua vontade e seu caminho. Os que desejam se tornar condutos vivos de luz devem ser governados por algo mais do que o hábito e a opinião. Devem viver constantemente em comunhão com Deus. Sua vida deve ser conduzida em contato com os princípios da verdade e da justiça. Devem se tornar participantes da natureza divina.

O servo de Deus deve estar em constante busca pelo poder intelectual, e toda a aquisição da mente deve ser dedicada para a glória de Deus. Devemos ter concepções mais amplas das exigências de Deus para com Seu povo. [...]

Não devemos nos contentar com coisa alguma a não ser a iluminação divina proveniente da Luz central do Universo. Ao obtermos essa iluminação, notaremos a necessidade de seguir para frente e para o alto, de elevar o padrão, de cultivar a mais sublime aspiração e de atingir os mais elevados resultados. Estaremos em constante contato com a Fonte de toda a sabedoria e viveremos como na presença do Senhor. [...]

Seu talento lhe foi confiado pelo Senhor, e você é responsável por seu emprego e aperfeiçoamento. [...] Devemos manifestar a glória de Deus. Esse é o maior objetivo de nossa existência. Devemos nos encontrar em tal condição que sejamos capazes de reconhecer a luz que Deus introduziu na experiência de outros. Nossa vida e caráter são influenciados pelas aquisições físicas, intelectuais e morais das gerações passadas. Se permanecermos na ignorância, não teremos ninguém a quem culpar a não ser a nós mesmos. Se colocarmos em ação todo o poder e empregarmos ao máximo cada habilidade, unicamente para a glória de Deus, não fracassaremos em realizar uma obra valiosa para Ele (Signs of the Times, 30 de novembro de 1888).

********************************************************

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira.
-> Música: Sollanza, “A última mensagem”
-> Narração: Amilton Menezes

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...