COMPARTILHE clicando em SHARE

20120519

As Últimas Palavras de Moisés

  
  O Deus eterno é o seu refúgio, e para segurá-lo 
  estão os braços eternos. Ele expulsará os 
  inimigos da sua presença, dizendo: 
  “Destrua-os!” Deuteronômio 33:27



Vivemos numa época de grandes incertezas. Todos os noticiários parecem trazer apenas notícias ruins. Países em guerra ou em desordem. Nações sofrendo com o medo de ataques terroristas ou de armas biológicas. O mundo está chegando ao fim de suas forças. Os líderes enfrentam problemas tão grandes e complexos que desafiam a lógica humana.


A revista Time publicou uma matéria de capa intitulada “America the Anxious” [América, a Ansiosa]. A revista Newsweek, por sua vez, publicou a matéria: “Anxiety and Your Brain: How Living With Fear Affects the Mind and Body” [Ansiedade e o Cérebro: Como Viver com Medo Afeta a Mente e o Corpo]. Nos Estados Unidos, as pílulas antiestresse estão vendendo cada vez mais. Os antidepressivos como Prozac e Xanax registram bilhões em vendas.

Onde podemos encontrar segurança numa época como essa? Somente na Bíblia. Onde podemos encontrar refúgio? Em Cristo Jesus, a Rocha. O Deus eterno, Aquele que está acima do tempo, do espaço e de nosso pequeno planeta imerso em desgraças, promete ser nosso refúgio. Embora tudo mais fracasse, Ele nunca fracassa. Embora tudo mais seja transitório, Ele nunca muda. Em Deus e unicamente nEle podemos encontrar refúgio certo em tempos incertos.

Ele promete mais: “Para segurá-lo estão os braços eternos.” Assim como colocamos nossos braços sob os braços de nossos filhos para servir de apoio ao darem os primeiros passos, Deus coloca Seus braços sob os nossos, mantendo-nos seguros e protegendo-nos do mal.

Deus quer nos sustentar a cada instante. Em meio ao medo e à dúvida, quando vemos a vida desmoronar sobre nós, Ele deseja conceder-nos a verdadeira calma, um profundo senso de paz em Sua presença. Essa calma abre as portas de nosso coração para recebermos Sua graça, amor e força.

A promessa não para por aqui. Ainda há uma terceira promessa apresentada no texto maravilhoso de hoje que nos assegura: “Ele expulsará os inimigos da sua presença, dizendo: ‘Destrua-os!’” Não importa quem seja o inimigo – seja o medo, a preocupação, a ansiedade, a descrença, a crítica – Deus pode e cuidará disso se O buscarmos.

Deus é o nosso refúgio! Deus é o nosso sustentador! Deus é a nossa vitória! Que linda esperança! Essas foram as últimas palavras de Moisés. Ele não podia ter dito coisa melhor.


Um comentário:

Batista da Madeira disse...

Essas foram as últimas palavras de Moisés... Cada leitor deste blog ainda tem pela frente uma grande expectativa: Como foram as demais palavras de Moisés? Com certeza, o artigo reporta a tantas maravilhas ensinadas pelo homem de Deus. Assim, seguimos ainda hoje a aprender com ele. Glórias a Deus por pessoas assim, dentro e fora da narrativa bíblica!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...