COMPARTILHE clicando em SHARE

20120411

Bom Conselho

"O insensato não tem prazer no entendimento, senão em externar o seu interior" (Provérbios 18:2).

Estêvão rabiscava a página do caderno em vez de escrever a redação que precisava entregar no dia seguinte. Sua mãe, que supervisionava seus deveres de casa, sentou-se à mesa ao lado dele. – Qual o problema? – perguntou ela. – Por que não está fazendo o trabalho?

Estêvão encolheu os ombros e olhou para fora, pela janela. – Vamos lá, querido, conte-me o que está acontecendo. Sei que alguma coisa o preocupa. Diga-me o que é. Vou procurar entender. – Não sei – disse Estêvão, usando uma evasiva. – A senhora vai achar que sou tonto. – Não mesmo! – declarou a mãe. – Filhinho, eu o amo e me interesso em saber o que o perturba. Por que você está tão infeliz? – Ah, não sei. – Sim, você sabe – insistiu a mãe.
– Agora abra o jogo! – Quero encontrar emprego – desabafou Estêvão. – Estou cansado da escola. Não quero mais estudar.

– Você o quê?! – explodiu a mãe. – O que você quer dizer com não gostar da escola? Você vai estudar, quer queira, quer não. Você nunca será alguém sem estudos. Isso é muito importante. Eu gostaria que você se sentasse e estudasse tanto como sua irmã. Você é inteligente; o único problema é que não se concentra. Precisa esforçar-se mais! Concentre-se!

Estêvão ficou ali sentado, balançando a cabeça e olhando pela janela. "Eu sabia! Ela não me ouve. Não entende nada do que estou dizendo. De que adianta tentar?" – Vamos lá, Estêvão – disse a mãe com voz mais suave, colocando o braço no ombro dele. – Não se feche desse jeito. Fale comigo. Diga-me como se sente. "Ah, é" pensou Estêvão. "É melhor ficar quieto, porque quando falo você não me entende. Simplesmente fica brava e procura me dizer o que devo fazer".

A mãe de Estêvão estava usando vários bloqueios do tipo "Achar Soluções". Aconselhou, deu sermão, moralizou, argumentou e interrogou. Esses bloqueios interrompem qualquer comunicação. Ela estava tentando mudar Estêvão – e não entendê-lo.

"Bons conselhos" não solicitados são ruins num relacionamento. Um importante princípio da amizade é: "Procure primeiro entender e só depois ser entendido".

(Dorothy Eaton Watts. In: Inspiração Juvenil 2012: amigo é pra essas coisas. Tatuí: CPB, 2012. Texto digitado por Reginaldo Santos e publicado no grupo Boas Novas).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...